Feliz Dia do Professor

Amigos do Basquetebol

Hoje comemoramos uma das datas mais importantes (e também uma das mais esquecidas) do nosso calendário. É o Dia do Professor.

E como desvincular a função do treinador desta realidade? Não há diferença. Todos os treinadores, em qualquer categoria, carregam consigo a missão de transmitir conhecimento, valores morais e éticos e de cuidar do desenvolvimento de pessoas através do esporte.

Portanto, ser treinador é exercer com dignidade a função docente dentro das quadras, campos, piscinas e pistas. Ser treinador é cuidar do futuro das crianças que querem praticar esporte de forma saudável e daqueles que têm o esporte como profissão ou, simplesmente, o praticam por diversão.

Para comemorar este importante dia seguem algumas considerações que faço sobre a importância desta função, especialmente para aqueles que trabalham na formação de crianças para se tornarem cidadãos ativos e até, quem sabe, atletas de destaque.

O que se espera de um bom treinador/professor

•Despertar o gosto e o interesse pela atividade esportiva
•Incentivar a prática de diferentes atividades motoras
•Criar um clima favorável para a aprendizagem
•Valorizar o esforço da criança
•Proporcionar oportunidades iguais de jogo
•Propor atividades que respeitem o nível de desenvolvimento do praticante
•Propor atividades que atendam as necessidades do praticante
•Respeitar as características individuais
•Evitar comparações
•Não expor as deficiências individuais perante o grupo
•Reforçar as boas práticas
•Corrigir os possíveis erros
•Propor desafios
•Não ignorar a criança
•Estabelecer um clima de justiça no grupo
•Estimular a criatividade e a participação
•Dominar os diferentes tipos de conhecimento
•Conhecer a realidade esportiva geral e específica
•Conhecer as possibilidades pedagógicas que a atividade oferece
•Conhecer profundamente a realidade do aprendiz/atleta
•Conhecer a criança em sua totalidade
•Respeitar seus limites físicos e cognitivos
•Adequar as atividades ao seu nível de desenvolvimento
•Adequar o esporte à criança
•Pensar no futuro de “possíveis atleta” e “possíveis não-atletas”
Resumindo

O profissional que trabalha na formação esportiva deve estar preocupado com o desenvolvimento global do indivíduo (físico, motor, cognitivo, social e espiritual). Os resultados serão consequência deste trabalho. Ganhar ou perder são fatores inerentes ao esporte e isto deve ser parte do processo de formação. Ganhar não significa, necessariamente, ter sucesso, assim como, perder não significa ter fracassado.

Parabéns Professores e Treinadores. Que este dia sirva para refletirmos um pouco sobre nossa missão junto aos nossos alunos/atletas.
E neste dia presto minhas homenagens a algumas pessoas que me dirigiram quando tentei ser atleta, que participaram da minha formação como professor de Educação Física e Treinador de Basquetbol e aqueles que fizeram parte da minha vida como profissional da Educação Física e do Esporte e com quem compartilhei momentos maravilhosos.
Moacyr Daiuto (EEFEUSP)
José Medalha (EEFEUSP e Tamoyo de S.Caetano)
Lula Ferreira (EEFEUSP)
Tácito Pinto Filho (Esporte Clube Pinheiros)
José Guilmar (EEFEUSP)
Orlando Valentim (Esporte Clube Pinheiros)
Sidney Coleone (São Caetano Esporte Clube)
Milton Prado da Silveira (Esporte Clube Pinheiros_
Hélio Silveira (IEE Bonifácio de Carvaho – S.C.do Sul)
Valderbi Romani (IEE Bonifácio de Carvalho – S.C. do Sul)
João Francisco Brás (Esporte Clube Pinheiros)
Wilson Kol Monteiro (IEE Bonifácio de Carvalho – S.C. Sul)
Se esqueci de alguém peço desculpas. Mas sintam-se homenageados.
About these ads

3 ideias sobre “Feliz Dia do Professor

Os comentários estão desativados.